O que comer antes do treino e depois. 25 opções fáceis para você fazer.

Oi gente, tudo bom?

 

Hoje vim falar sobre o que devemos comer antes e depois do treino. Esse é um assunto que gera muitas duvidas (inclusive minhas) e falar de nutrição é bem complicado por dois motivos:

1.Existem opiniões muito distintas entre os profissionais da área.

2.As questões variam muito de acordo com a individualidade e objetivo de cada um.

 

Então, se você quer emagrecer, sua alimentação vai ser diferente de quem quer ganhar massa muscular, entende? E essas individualidades devem ser avaliadas por um nutricionista que vai considerar fatores genéticos, seu metabolismo, sua rotina, o tipo de treino que você faz, etc.

 

Eu não sou nutricionista, mas através de pesquisas das várias opiniões de profissionais que temos, tentei aqui compilar algumas informações gerais que possam ajudar e esclarecer algumas questões. Também vou passar sugestões de lanches que você pode fazer (algumas já tem até receita aqui no blog).

 

Pra começar, é importante ressaltar que o que mais vai influenciar seus resultados não é o que você come antes ou depois do treino, mas como é a sua alimentação no restante do tempo. Se no seu dia a dia você se alimenta de forma equilibrada, as refeições certas antes e depois do treino com certeza vão ajudar a alcançar seu objetivo mais rápido. Aqui não vou dar nenhuma quantidade, pois isso é ainda mais específico de pessoa para pessoa.

 

Alimentação pré treino:

bateria-cheia-livenstyle

No treino, você vai gastar energia e essa refeição deve ser feita pensando nisso, então:

  • Seu objetivo é dar energia, aumentar a força e consequentemente melhorar o desempenho do treino.
  • Deve ser leve para não causar desconforto (não dá pra treinar com a barriga pesada né?)
  • Os nutricionistas sugerem que seja feita entre 30 minutos e 1h30 antes do treino
  • Todos os profissionais que vi recomendam que você coma um carboidrato complexo e alguns ainda sugerem que se inclua também uma proteína.

 

Exemplos de lanches pré treino (com link das receitas):
  1. Lanche de pão integral e queijo branco
  2. Banana amassada com aveia e canela
  3. Vitamina de frutas com whey (banana, morango, mamão, etc)
  4. Batata doce e frango
  5. Tapioca recheada de ovo mexido
  6. Salada de frutas
  7. Açaí com granola natural (cuidado com as granolas que tem açúcar e óleo)
  8. Mingau de aveia
  9. Shake de abacate
  10. Muffin de maça
  11. Bolo de fubá fit
  12. Bolo prestigio fit
  13. Pão de alho fit
  14. Cookies fit de banana e aveia
  15. Overnight oats
  16. Pão de batata doce e fubá
  17. Panqueca de banana com queijo
  18. Pão de queijo de frigideira fit

 

Alimentação pós treino:

bateria-fraca-livenstyle

Você acabou de treinar, gastou seus estoques de energia e está esgotado. Nesse momento, seu corpo está carente de nutrientes e precisa recuperar os músculos que foram trabalhados no treino, então:

  • Seu objetivo é repor os nutrientes, ajudando os músculos a se recuperarem mais rápido e ficarem mais fortes.
  • A sugestão dos nutricionistas é que seja feita até 1h depois do treino, mas o ideal é que seja em seguida.
  • Todos os profissionais que vi recomendam que seja uma proteína e alguns sugerem que, dependendo do treino, inclua também um carboidrato complexo (em uma proporção menor).

 

Exemplos de lanches pós treino (com link das receitas):
  1. Whey Protein (a suplementação é muito comum nesse momento)
  2. Castanhas (nozes, amendoas, castanha de caju, etc.)
  3. Frango
  4. Iogurte (pode colocar aveia também)
  5. Ovos (pode ser cozido, como omelete, mexido, etc.)
  6. Suflê de queijo fit
  7. Cocada fit (tem opção com whey, que é melhor nesse momento)

 

Como já falei, cada pessoa é diferente, então é muito importante procurar profissionais da área para te orientar. Converse com seu personal e procure um nutricionista para que você descubra as melhores opções para você.

 

Para não se atrapalhar, tente preparar seus lanches no dia anterior. Nesse post eu explico como se organizar para ter uma rotina saudável.

 

Lembre-se que alimentação nesses momentos vai ajudar no seu desempenho, mas que seus resultados dependem de todo um contexto de treino, descanso e como você come no resto do tempo. Então dedique-se e dê o seu melhor para alcançar seus objetivos.

 

Se você tem alguma sugestão do que comer antes ou depois do treino, comenta aqui embaixo! Se você gostou, compartilhe esse post!

 


 

Lou Caselli

Publicitária, criadora do blog Live' n Style, praticando equilíbrio, em busca de bem estar

Related Posts

Chá e seus benefícios: saiba em que situações tomar cada tipo!

Oi gente, tudo bom?   O inverno é o tempo perfeito para pegar um livrinho e tomar um cházinho debaixo do cobertor né? Mas não é só pra esses momentos que um cházinho vai bem viu! Tomar chá traz vários benefícios e se eu fosse você, incluía já no seu dia a dia.   O chá é a bebida preparada através da infusão de folhas, flores, raízes e frutos. Muito comum de ser ver em filmes como algo do cotidiano inglês, acredita-se que o chá surgiu na China como uma erva medicinal. Hoje em dia, ganhou um papel social na rotina das pessoas, mas ainda é muito utilizado pelos seus benefícios.   Continue lendo esse post para saber como prepará-lo, quais chás tomar para ter cada tipo de benefício (como diminuir a retenção de líquidos, acelerar o metabolismo, diminuir a TPM, etc), e remédios caseiros utilizando o chá.   Como fazer:   Com inúmeras opções de sabores, ele pode ser tomado quente ou frio (para aqueles dias de calor, sabe?) e existem muitas formas de você fazer:   Chá de saquinho: O mais comum, você coloca na água e espera alguns minutinhos até ficar pronto. Chá em pó: não precisa nem esperar, só misturar e tomar Chá de ervas e frutas em natura: Essa é um pouquinho menos prática. Você precisa esquentar a água, colocar a erva ou fruta (pode ser a casca também), abafar por alguns minutos e coar. O sabor dessa versão é muito mais acentuado que as versões de saquinho (boa opção para quem acha o chá meio sem graça, você pode deixar mais forte de acordo com a sua preferencia). Chá de lata: De certa forma, é a mais prática e é facilmente encontrada em lanchonetes, restaurantes, etc. Só tem que tomar muito cuidado pois muitas delas tem açúcar e conservantes, prefira o mais natural possível. Diga-me o que quer e direi qual chá tomar   Gente, quando eu falo que o chá tem muitos benefícios, não estou brincando, é muita coisa mesmo. Existem estudos que comprovam que alguns tipos de chá podem prevenir diabetes, doenças cardiovasculares e até o câncer. A maioria deles ajuda na digestão, mas cada erva, fruta, ou raiz tem funções específicas. Então, separei alguns benefícios interessantes para mostrar pra vocês.   *Se você é hipertenso, está grávida ou tem algum problema de saúde, converse com seu medico para saber quais chás você deve evitar! 😉   Diminuir o apetite Existem alguns chás que podem ajudar você a comer menos na hora da refeição. Eles fazem com que você tenha a sensação de saciedade e por isso fica mais difícil você exagerar no prato ou atacar uma sobremesa. Alguns deles são: Alecrim, carqueja, gengibre, hibisco e chá verde.   Desinchar – diminuir a retenção de liquido Sabe aquela sensação que a gente tem de que ta parecendo um peixe boi? Que a gente se sente mega inchada? Então, isso pode ser o seu corpo retendo liquido. As causas podem ser várias como […]

Read More

Como fazer pipoca sem óleo

Comer uma pipoquinha vendo um filme é a melhor coisa né gente?   A boa noticia é que ela é saudável, cheia de fibras e antioxidantes! Só não vale fazer com óleo e nem usar as de micro-ondas que vem cheia de gordura!   Uma opção é fazer na pipoqueira (eu tenho uma que comprei faz pouco tempo e estou amando), mas pra quem não tem, olha outras maneiras de preparar a pipoca sem óleo!   Só para ajudar na hora de fazer, lembrem: ½ xicara de milho = 1 bacia de pipoca   No saco de pão Sabe aquele saquinho bem simples que vem o pão da padaria?   Então, é só colocar o milho da pipoca dentro e fechar bem enrolando as pontas.   Coloque uma folha de papel toalha embaixo do saco de pão e depois leve ao micro-ondas por uns 3 minutos.     Com água no micro-ondas Em uma tigela de vidro, coloque o milho da pipoca com uma colher de sopa, e depois coloque o mesmo numero de colheres de água.   Coloque o sal a gosto e misture. Cubra a tigela inteira com plastico filme e faça 3 furos com um palito de dente para sair o vapor.   Coloque no micro-ondas por uns 8 minutos (muda muito pra cada micro-ondas, então fique de olho).   Quando estourar tudo, tire do micro-ondas com muito cuidado, porque a tigela vai estar mega quente!   NÃO coloque em uma superfície gelada ou com água senão a tigela vai quebrar (experiência própria viu). Tire o plástico e transfira para um outro recipiente! 😉     Na panela Minha sugestão é usar uma panela com a tampa de vidro, mas se você não tiver, não tem problema.   Coloque a panela com tampa para esquentar. Depois de um minuto, coloque o milho.   Deixe por mais ou menos 30 segundos e depois levante a panela e mexa a panela no ar para que o milho se movimente.   Repita isso de 20s em 20s até que a pipoca toda tenha estourado.   Agora é só escolher o filme que você quer ver e aproveitar! 😉   Conhece mais algum jeito de fazer pipoca fit ou tem alguma duvida? Comenta aqui embaixo!   Se você gostou, compartilhe com seus amigos! =)     Relacionado

Read More